Cirurgia de catarata
em cães e gatos
  Glaucoma
  Ceratoconjuntivite
seca / ap. lacrimal
  Ceratite ulcerativa
  Conjuntivite
  Tumores palpebrais
  Entrópio/Ectrópio
  Herpesvírus canino e felino
  Uveíte recorrente do equino
  Ceratoconjuntivite bovina
  Síndrome de Horner
  Panuveíte canina(Despigmentação)
  Retinopatias
  Eletroretinografia nos animais
  Distrofias corneais
  Pannus
  Defeitos congênitos
  Seqüestro Corneal Felino
  Glossário Oftalmológico
Seqüestro Corneal Felino

Ë uma patologia pouco freqüente que só ataca felinos domésticos principalmente das raças Persas e Siamês embora os mestiços também possam ser afetados em menor número.

Inicialmente a doença começa com pequena ulceração central ou paracentral na córnea com seu centro de coloração marrom.A fluoresceína pode ou não ser positiva normalmente se corando somente ao redor da placa que se forma. Essa placa que varia de coloração do marrom até o negro é a principal característica da patologia com um tipo de mumificação dos tecidos lamelares da camada estromal em sua metade superior e o epitélio corneal.

Muitas vezes os animais estão deprimidos com sintomatologia de dor, inapetentes e com todas as características encontradas na espécie de que algo não está bem. Outras vezes o indivíduo atingido não demonstra segundo o proprietário grandes manifestações. A característica clássica da patologia é a formação de uma placa de coloração negra de tamanho variado e que provoca muito desconforto. Pode-se tentar terapias utilizadas nas Ceratites ulcerativas das outras espécies como antibióticos, soroterapia tópica, inibidores da colagenase ,etc. Os tratamentos mais efetivos na nossa experiência e de mais rápido resultado são os cirúrgicos. Dentre os tratamentos cirúrgicos utilizados temos sempre a remoção da placa através de ceracectomia superficial. Muitos colegas tentam tratar a condição com enxertos de terceira pálpebra, mas essa cirurgia não funciona bem uma vez que a placa necrótica permanece e não ocorre a proteção necessária à úlcera para que ela cicatrize. No nosso serviço especializado optamos pela Ceracectomia superfial em pequenos seqüestros sem auxílio de "flaps" e nos casos maiores fazemos com bastante sucesso a Transposição córneo-escleral.