Separamos algumas informações e dicas sobre bebê prematuro !

 

O que é bebê prematuro?

Bebê prematuro é aquele que nasce antes de completar 38 semanas de gestação.
Existem os casos de bebês:

- Extremamente prematuros - que nascem com menos de 30 semanas de gestação;
- Moderadamente prematuros - que nascem entre 31 e 36 semanas de gestação;
- Prematuros limítrofes - que nascem entre 37 e 38 semanas de gestação.

    O bebê prematuro, em geral, permanece durante certo tempo numa incubadora. Trata-se de um aparelho cuja a temperatura é mantida constante e no qual o bebê pode receber oxigênio para facilitar sua respiração. Como está mais propício a contrair infecções , o prematuro tem na incubadora o ambiente ideal para os seus primeiros dias de vida.

pm.gif (12758 bytes)

Dicas:

            O primeiro passo é manter a produção do leite. Depois dos primeiros dias após o parto, é necessário que o bebê esteja sugando o peito para que a produção de leite seja mantida. Entretanto, nesta época, geralmente os bebês prematuros, principalmente os muito pequenos, estão impedidos de fazê-lo. Neste período, a mãe pode manter a produção fazendo regularmente o esvaziamento dos seios, manualmente ou com bombas de tirar leite. Mesmo não sendo tão eficientes quanto a sucção do recém-nascido, estes métodos são capazes de manter a lactação. A mãe deve se alimentar adequadamente, beber bastante líquidos e procura repousar sempre que possível. Assim que o bebê estiver em condições, deverá ser colocado ao seio. Mesmo que a quantidade de leite não seja ainda suficiente para alimentá-lo, não há razão para desanimar: a medida que a criança sugar o seio, ela irá estimular a produção de mais e mais leite. O bebê não ficará sem alimentação - existem recursos para substituir o leite materno enquanto o bebê não puder mamar no peito. Além disso, o leite materno extraído poderá ser administrado ao bebê, enquanto ele não tiver forças para sugar o peito. Os médicos e enfermeiras da UTI poderão ajudar as mães nesta tarefa manter a lactação e iniciar a alimentação no seio materno. Mesmo não sendo tão fácil como pode parecer, com o apoio do pai do bebê e da família, confiança em sua capacidade de
amamentar e a ajuda da equipe da UTI, a mãe do prematuro poderá vir a amamentar.

baby.gif (30043 bytes)

Conversas:

Prematuros - A luta pela Vida
As principais perguntas e repostas, do Bate-Papo com a Psicóloga Neonatal Claudia M. Gonçalves


Obs: Como algumas das perguntas foram feitas reservadamente à Claudia M.Gonçalves, tomamos a liberdade de omitir os nomes destes participantes. Da mesma forma algumas perguntas não dizem respeito a mulheres gestantes, mas foram consideradas de utilidade e por isso foram também publicadas.


Dra. Claudia - Eu sou Claudia M. Gonçalves, Psicóloga Neonatal e estou à disposição para responder às perguntas de vocês sobre Prematuros.

Monica - Gostaria de saber quando podemos ter certeza que um bebê prematuro de 30 semanas, nascido com 830 grs., não terá seqüelas?

Dra. Claudia - Não podemos ter certeza quanto aos riscos de seqüelas de um bebê prematuro, pois cada um tem um potencial de desenvolvimento muito particular e, estes pequeninos surpreendem muito. É preciso ficar atenta ao desenvolvimento neuropsicomotor do bebê. Em caso da necessidade de uma avaliação, existem psicólogas que realizam.

Daniela - Com quantos meses de gestação já podemos saber se o bebê irá nascer prematuro?

Dra. Claudia - É preciso realizar o pré-natal para evitar problemas, porém nascimento de bebê prematuro não dá para prever. Só dá para prever, caso a mãe tenha algum problema detectado nos exames pré-natais. O médico, neste caso, indica um parto antecipado.

Monica - Gostaria de saber se existe necessidade de visitar um neorologista e por quanto tempo?

Dra. Claudia - Caso o bebê nasça prematuro é bom desde o início ter o acompanhamento com especialistas de várias áreas como: Psicólogo, Neurologista, Fisioterapeuta, Oftalmogista, Fonoaudiologista, etc e mais aqueles que seu médico indicar.

Daniela - Cólicas leves são normais ou há indício de que o bebê será prematuro?

Dra. Claudia - É normal sentir um pouco de contrações, mas é sempre bom estar comunicando ao seu ginecologista.

Monica - Quais os riscos Oftalmológicos para o meu bebê, já que ele recebeu oxigênio na incubadora? E para audição? Não fizeram qualquer exame especifico na maternidade, existe algum teste que posso fazer em casa ?

Dra. Claudia - O seu Neonatologista que recebeu seu bebê ao nascer, ele indicará se existe a necessidade de procurar os especilistas e quais. Existem testes de audição que são realizados logo após a alta hospitalar, pois quanto antes realizado melhor, caso exista algum problema quanto antes detectado, o tratamento pode ser iniciado bem cedo. Fique atenta também ao desenvolvimento motor de seu bebê, procure saber mais sobre estas fases para poder acompanhar se existe algum atraso de sua filha. Qualquer problema notado, procure seu médico e converse com ele.

Daniela - Estou fazendo pré-natal desde o início da gestação e o meu médico ainda não me pediu nenhum exame extra, isso é um bom sinal ou está muito cedo? Estou de 6 meses.

Dra. Claudia - É muito bom estar fazendo o pré-natal desde o início e, normalmente, os exames solicitados pelos médicos são os de rotina, por exemplo: sangue, urina, ultra-som, mas tudo depende de cada médico e de seu estado. Converse com seu médico e fale sobre suas dúvidas, garanto que sairá bem mais tranqüila.

Daniela - Minha consulta está marcada para o dia 20 de novembro, devo ir antes ou não? As cólicas que sinto são curtíssimas e bem espassadas uma da outra.

Dra. Claudia - Sim, procure seu médico o mais rápido possível, assim ele poderá, se necessário, solicitar algum exame para saber o que realmente são essas cólicas.

Monica - O pediatra tem condições de me informar estas fases ou devo procurar um especialista? Qual?

Dra. Claudia - Sim. Seu pediatra poderá estar te informando mais sobre cada fase de desenvolvimento de uma criança, mas não se atenha somente a esta fonte, pesquise livros, leia bastante revista, assim poderá ter mais segurança sobre tudo que precisa saber. Existem Psicólogos que realizam avaliação neuropsicomotora em bebês, assim os pais podem se sentir mais seguros quanto ao desenvolvimento de seu filho.

Daniela - Gostaria de saber se é possível ter uma noção se meu bebê nascerá prematuro (de 7 meses/8 meses). Morro de medo dela nascer com 8 meses?

Dra. Claudia - Fique tranqüila e acredite que seu bebê nascerá com nove meses, é essencial que se sinta segura e passe confiança para ele. Converse com ele, ouça música para relaxar e com pensamento positivo tudo dará certo. Curta bastante, comunique-se com ele sempre que possível, pois o bebê a partir dos 4 meses de gestação já é capaz de se comunicar com a mãe, então é só fazer para sentir os resultados.

Daniela - Tem alguma dica para as gestantes, algum conselho?

Dra. Claudia - A gestação é um período da vida da mulher muito especial, onde as mulheres costumam se sentir mais sensíveis, ficam mais bonitas, pois estão gerando uma vida. Todas devem aproveitar este momento, não devendo ficar muito preocupada com o que acontecerá, pois a mulher tem um conhecimento intuitivo, instintivo que facilitam e ajudam o desempenho do papel materno.

Silvia - O meu bebê foi prematuro, nasceu de 6 meses, será que são mais ativos que os outros?

Dra. Claudia - O bebê ao nascer vive todas as emoções dos pais, já que ele ainda não tem seu próprio EU (personalidade). Procure ver no ambiente de vocês como está a casa, a relação entre vocês (marido e mulher), se existe muita agitação ao redor. Vocês podem estar transmitindo essa agitação toda para ele, procurem passar mais confiança e tranqüilidade ao bebê e, o que ajuda muito é colocar música clássica para o bebê acalmar.

Sinthia - Tenho uma menina de 2 anos e 5 meses, desde bebê ela é muito interessada pelas coisas, muito esperta. Eu gostaria de saber se isto tem haver com a estimulação que damos para ela ou é da personalidade?

Dra. Claudia - Com certeza a estimulação é fundamental para o desenvolvimento do cérebro e quanto mais estimulado mais o seu cérebro vai conectar os neurônios e se desenvolver mais rapidamente.

S. - Eu vejo bebês quietinhos e a minha nunca foi. Quando a minha filha aprendeu a caminhar não parava um minuto, não podia fazer nada com ela junto. Ás vezes, gostaria que fosse mais calminha, então me pergunto será que é porque sempre conversávamos com ela e deixávamos ela descobrir tudo na volta?

Dra. Claudia - A estimulação não causa hiperatividade e, sim segurança para estar descobrindo o mundo. Se você tem dúvida ou se sentirá mais tranqüila,procure um psicólogo para uma avaliação.

Sinthia - Saberia me dizer algo sobre estimulação de bebês e crianças?

Dra. Claudia - Estimulação é proporcionar aos bebês se utilizarem dos sentidos, visão,audição, tato, paladar e olfato que desta forma estão descobrindo e florescendo para o mundo. Esses atos são espontâneos, se o ambiente que ele estiver permita experimentar. Existem bebês que apresentam algum problema, por motivos variados, então precisam ser estimulados por especialistas como por exemplo, psicólogos, fonoaudiólogos, fisioterapeutas e outros dependendo do caso. Sabemos que uma relação saudável de confiança entre a mãe e a criança, o desenvolvimento é muito bom. Estimulação para crianças é trazer de volta experiências que renovem e fortaleçam sua consciência dos sentidos que descobriram quando bebês.

Daniela - Temos um amigo que o bebê dele nasceu prematuro e, quando a bolsa e a placenta estouraram o bebê engoliu sangue e teve que passar por várias cirurgias, mas depois de tudo isso, infelizmente não sobreviveu.

Dra. Claudia - Apesar de todos os avanços tecnológicos e de humanização no atendimento aos prematuros, têm uns que não sobrevivem. Aí, entra a história de vida de cada um, que independem de tudo que podemos explicar com a razão.