RESUMO/ROTEIRO -  SISTEMA UROGENITAL

RIM

               É um órgão par que tem a forma aproximada de um caroço de feijão, com o comprimento de mais ou menos 11 cm, 6 de largura e 2,5 de espessura, pesando entre 120 a 160 g. Localiza-se no abdome no espaço retro-peritoneal, apoiado sobre o músculo psoas maior, ou seja, seu maior eixo é aquele dirigido para baixo e para lateral obliquamente assim como o sentido do músculo. Estão ao nível das primeiras vértebras lombares, sendo o direito um pouco mais baixo que o esquerdo devido ao fígado que está acima do rim direito.

               O rim possui uma margem medial, lateral, uma extremidade superior e inferior, face lateral e medial sendo que nesta face está o hilo renal ( local de entrada dos vasos e do ureter no rim ). Externamente o rim é revestido pela cápsula renal. Mais lateralmente ainda existe uma condensação de tecido chamada de fáscia renal, e entre a fáscia renal e a cápsula renal esta a gordura peri-renal, e externamente a fáscia renal está a gordura para-renal.

               O rim observado em um corte frontal apresenta uma camada externa e outra interna que são respectivamente o córtex e a medula renal, a medula possui uma tonalidade mais escura. A medula invade o córtex renal e estes prolongamentos são denominados de pirâmides renais e os espaços entre uma pirâmide e outra denomina-se coluna renal.

               O sistema coletor de urina está localizado no hilo renal  em uma estrutura denominada de pelve renal. A pelve renal é formada pela união de cálices maiores em número de 3 a 5, e estes por sua vez são formados pela união de vários cálices menores ( de 7 a 14 cálices ). A continuação da pelve renal é caracterizada por um estreitamento em um tubo denominado ureter que direciona-se inferiormente

               A irrigação do rim é feita pela artéria renal que divide-se em artérias menores denominadas de segmentares e levarão o sangue aos segmentos renais. São 5 os segmentos: superior, inferior, posterior, antero-inferior e ântero-superior. A disposição dos vasos e do ureter no hilo renal é a seguinte: veia anteriormente, ureter posteriormente e artéria intermediariamente.

         Objetivos deste Roteiro:

               *Localizar o rim no interior da cavidade abdominal.

               *Definir a sua situação quanto ao peritônio.

               *Definir sua importância funcional.

               *Definir a loja renal, sua função e constituição: gordura peri e para-renal, fáscia renal (de Gerota).

               *Observar sua relação posterior: pólo inferior do rim direito está em um nível mais baixo que o rim esquerdo, logo se situa a um dedo transverso acima da crista ilíaca e o pólo superior direito acima da 12 costela.

               Visualizar externamente :

               -Cápsula fibrosa

               -Face anterior e posterior

               -Borda medial (chanfrada no hilo) e lateral

               -Pólo superior e inferior

               -Hilo renal e pedículo renal

               -V. renal (anterior)

               - Pedículo renal  -A. renal dando origem as aa. segmentares

                                               -Pelve renal e ureter (póstero-inferior)

               -Glândula supra renal no pólo superior envolvida pela fáscia renal junto com o rim.

               Visualizar internamente:

               -Seio renal  -Preenchido com gordura peri-renal

               -Pelve renal, cálices maiores (quantos), cálices menores (quantos ?)

               -Papilas renais

               -córtex renal

               -medula renal  -Pirâmides renais

                                         -colunas renais

                ATENÇÃO: Lobo renal = Pirâmide + córtex associado

Relações anteriores e posteriores dos rins :

               Anterior es:

               Rim direito:     1 glândula supra-renal

                                           2 fígado

                                           3 duodeno

                                           4 flexura cólica direita  

               Rim esquerdo: 1 glândula supra-renal

                                            2 estômago

                                            3 baço

                                            4 pâncreas

                                            5 jejuno

                                            6 flexura cólica esquerda

               Posterior es:

               Rim direito:     1 diafragma

                                            2 décima segunda costela

                                            3 m. psoas maior

                                            4 quadrado lombar e 

                                            5 aponeurose do m. transverso do abdome

               Rim esquerdo:  1 diafragma

                                            2 costelas de número 11 e 12

                                            3 mm. psoas maior,

                                           4 quadrado lombar e 

                                          5 aponeurose do transverso do abdome   

              

URETER

               Órgão musculoso que impulsiona a urina através  de ondas peristálticas.

               Sua localização é retroperitoneal.

               Porções:      abdominal

                                      ilíaca

                                      pélvica

                                      intra mural

               Constrições do ureter:            junção pielo-ureteral

                                                                     cruzamento dos vasos ilíacos

                                                                     porção intra-mural 

 

BEXIGA

               Visualizar externamente :   Face superior (1)

                                                               Face infero-lateral (2)

                                                               Face posterior ou fundo (3)

                                                               Ápice-localizar úraco (lig. umbilical mediano)

               Visualizar internamente:

               Trígono vesical (1) -  limites: óstios ureterais

                                                                      óstio uretral interno

                                                                       prega interuretérica

               Úvula vesical (2)

 

                              ÓRGÃOS GENITAIS MASCULINOS  

 

Objetivos deste resumo:

               Definir quais são os órgãos genitais intra e extra-pélvicos e identificar as principais abordagens anatômicas destas estruturas.

 PRÓSTATA :

               -Definir sua função como uma glândula

               -Localização anatômica

               -Visualizar ápice e base prostática

               -Visualizar no interior da próstata:

                                            uretra prostática

                                            crista uretral

                                            colículo seminal - desembocadura do utrículo prostático (na linha média) e dos ductos ejaculatórios (lateralmente).

                                            seio prostático com a desembocadura dos ductos prostáticos.  

VESÍCULA SEMINAL

               -Definir sua função

               -Localização anatômica

               -Visualizar a glândula propriamente dita e seu ducto (da vesícula seminal)  

                              DUCTO DEFERENTE

               Visualizar:

                              -vesícula seminal e ampola do ducto deferente

                              -ureter cruzando posteriormente

                              -seu trajeto desde a bolsa escrotal até sua união com o ducto da vesícula seminal para formar o ducto ejaculatório  

EPIDÍDIMO

               Definir sua função

               Definir suas porções: cabeça, corpo, cauda

               Definir sua posição anatômica em relação ao testículo

               Saber que a cabeça do epidídimo se liga ao testículo pelos ductos eferentes  

TESTÍCULO

               Localização anatômica

               Visualizar túnica albugínea

               Visualizar vaginal: lâmina parietal

                                                          cavidade vaginal

                                                          lâmina visceral

               Definir quem forma lóbulos testiculares

               Visualizar, no seu interior, os septos e os lóbulos testiculares

               Identificar o mediastino testicular com a rede testicular  

OBS: CAMINHO DOS ESPERMATOZÓIDES  

               Túbulos seminíferos contorcidos - túbulo seminíferos retos - rede testicular - ducto eferente - epidídimo (cabeça, corpo, cauda) - ducto deferente - ducto ejaculatório - óstio do colículo seminal - uretra prostática - uretra membranosa - uretra peniana - óstio uretral externo - meio externo.  

                              FUNÍCULO ESPERMÁTICO E SUAS TÚNICAS

               -Definir o que é funículo espermático

               -Constituição ( de dentro para fora) e quem dá origem a essas túnicas

               -Túnica vaginal (lâmina parietal e visceral) - peritônio

               -Fáscia espermática interna - fascia transversal

               -Músculos cremáster - m. oblíquo interno

               -Fáscia cremastérica - aponeurose que recobre o oblíquo interno

               -Fáscia espermática externa - aponeurose que recobre o m. oblíquo externo

               Conteúdo do funículo espermático

                                            1.ducto deferente ( posterior ) e a. deferencial ( ramo da a. umbilical)

                                            2.a. cremastérica - (ramo epigástrica inferior )

                                            3.a. testicular

                                            4.plexo pampiniforme

                                            5.ramo genital do n. genitofemoral

                                            6.vasos linfáticos

 

BOLSA ESCROTAL

               Definir bolsa escrotal

               Observar septo escrotal

               Notar a túnica dartos - m. dartos é um músculo subcutâneo que enruga a pele do escroto no frio para manter a temperatura dos testículos.  

PÊNIS

               Definir suas porções: raiz

                                                       porção pendunlar

               Visualizar as raízes do pênis e os corpos cavernosos

               Visualizar o corpo esponjoso onde, no seu interior, visualiza-se a uretra esponjosa, proximalmente visualiza-se o bulbo do pênis, e distalmente,dilata-se formando a glande do pênis

               Definir a localização e função das glândulas bulbo-uretrais

               Porções da uretra: prostática

                                                  membranosa - atravessa o diafragma urogenital

                                                  esponjosa

               Visualizar:

                              óstio uretral externo

                              prepúcio e frênulo prepucial

                              coroa da glande

                              sulco bálamo-prepucial

                              fossa navicular

               ESQUEMA 1

               Visualizar em corte transversal

                                            posição anatômica dos corpos cavernosos e do corpo esponjoso

                                            túnica albugínea dos corpos cavernosos

                                            septo peniano

                                            de dentro para fora; pele, fáscia peniana superficial e profunda (sendo esta última a fáscia de Buck )

                                            veias dorsais superficiais (VDS) e veia profunda do pênis (VDP)

                                            artérias profundas do pênis (AP)

                                            artérias dorsais (AD) 

               ESQUEMA 2

               Visualizar:

                                            corpo esponjoso indo além dos corpos cavernosos  

                                            uretra esponjosa

                                            septo da glande  

 

                                                      ÓRGÃOS GENITAIS FEMININOS  

 

               Definir quais são os órgãos intra e extra pélvicos  

               ÚTERO

               Definir sua função fisiológica

               Definir suas camadas:endométrio, miométrio, e perimétrio

               Definir sua forma, tamanho e posição (ante-verso-flexão)

               Visualizar corpo, fundo, istmo, colo (ou cérvice) uterinos

               Definir endo e ecto cérvice

               Visualizar as estruturas ligamentares uterinas:

                                            ligamentos redondos (anterior) que termina nos lábios maiores

                                            pregas útero-sacrais (posterior) vão das paredes laterais do colo uterino ao sacro

                                            ligamentos cervicais transversos que vão do colo até as paredes laterais da pelve  

 

TUBAS UTERINAS

               Visualizar as suas porções: intramural, istmo, ampola e infundíbulo (com as fímbrias, uma das quais é ligada ao ovário, portanto sendo denominada de ovárica )

               Visualizar os óstios uterino e externo da tuba uterina

 

OVÁRIO

               Definir sua função fisiológica

               Definir sua forma e tamanho

               Observar que ele é o único órgão localizado dentro da cavidade peritoneal

               Visualizar suas faces lateral e medial, extremidades cranial e caudal, bordas mesovárica e livre.

               Visualizar,medialmente, o ligamento próprio do ovário (ou ligamento útero-ovárico) e, lateralmente, o ligamento suspensor do ovário ( contendo os vasos ováricos)  

FORMAÇÕES PERITONEAIS

               Visualizar:

                              recessos vésico-uterino e reto-uterino ( ou fundo de saco de Douglas)

                              ligamento largo e suas porções :

                                            mesossalpinge-liga a tuba uterina até a origem do mesovário

                                                                                        mesovário-liga borda mesovárica até o ligamento largo

                                            mesométrio-duplo folheto peritoneal situado inferiormente aos outros dois folhetos

OBS: os ligamentos cervicais transversos do útero são chamados também de ligamento cardinal ou cervical lateral, ou de MACKENRODT e nada mais são do que pregas peritoneais.  

 VAGINA OU CANAL VAGINAL

               Visualizar:

                              no seu interior, fórnices anterior e posterior

                              óstio uterino

                              definir importância do fórnix posterior  

GENITÁLIA EXTERNA

               Visualizar:

                              monte de Vênus

                              grandes lábios (constituição: pele e tecido gorduroso subjacente e pêlos pubianos). Os ligamentos redondos do útero terminam-se nos grandes lábios.  

                              ao nível dos grandes lábios, comissuras labiais anterior e posterior

                              entre lábios maiores - fenda ou rima do pudendo.

                              pequenos lábios ( constituição: dobra de pele com aspecto de mucosa, portanto, de cor avermelhada, desprovido de pêlos).

                              ao nível da comissura superior, notar o desdobramento superior e inferior dos pequenos lábios, formando inferiormente o frênulo do clitóris 

                        entre os lábios menores- vestíbulo vaginal

               Conteúdo do vestíbulo vaginal:

                                            desembocadura do óstio uretral externo

                                            óstio ou intróito vaginal

                                            de cada lado do óstio uretral externo, os óstios das glândulas para uretrais (ou de SKENE)

                                            de cada lado do óstio vaginal - óstio  das glândulas

                                            os corpos eréteis ( se ingurgitam de sangue )

                                            clitóris que, embriologicamente, corresponde aos corpos cavernosos do pênis envolto pelo prepúcio.

                                            as raízes do clitóris que inseridas nos ramos isqueopubianos, semelhante as raízes do pênis e envolvidos pelos mm. isqueocavernosos

                                            bulbo do vestíbulo que esta situado abaixo dos mm. bulbo esponjosos, os quais envolvem o vestíbulo vaginal; embriologicamente correspondem ao corpo esponjoso do pênis.

 SUGESTÕES:

               1 - Ver relação entre trígono lombar e o pólo superior do rim.

               2 - Estudar para a prova teórica algumas mal formações congênitas dos rins.

               3 - Definir hidrocele.

               4 - Definir criptorquidia.

               5 - Diferença entre fimose e para-fimose.

               6 - Definir varicocele.